Total Supernovas no Multiverso

sábado, 22 de maio de 2010

Helm Castelo Cinzento - 12/12



Reino Élfico de Inaradrinn, 29 de Julho de 1386.
Helm abriu os olhos e viu ao seu lado o ser mais belo e precioso de sua vida, era Ariakness, a elfa que mudou seu destino. Ele apenas a observava sentindo como que se todo o peso do mundo houvesse sido arrancado de suas costas. Como que se toda a paz que possa existir habitasse seu coração neste momento.
Ariakness segurava em seu colo a cabeça de seu grande amor e acariciava seus cabelos como fizera tantas vezes no passado, na velha infância dos dois grandes amigos. Ela sabia que agora Helm estava livre de toda perturbação e todo ódio ao qual ele fora submetido. A Dark Ovolun não mais lhe exercia influência, pois assim que a Gold Ovolun também habitou seu corpo as duas se mesclaram e formaram uma única e rara espécie de esfera mágica...
O Supra Ovolun.
Ariakness nunca chegara a estudar sobre os Supra Ovoluns, todos eles estavam perdidos nas eras do passado. Nas antigas glórias dos grandes guerreiros do passado, mas agora aquele que ela segurava em seus braços o possuía. E ela como sempre fizera em sua vida deveria guiá-lo em sua nova jornada. Como antes, quando eram amigos inseparáveis.
Ariakness sorriu ao ver os imensos olhos azuis de Helm buscarem pelos seus e beijou-lhe tão calorosamente que Helm pode sentir o imenso vazio dentro de si ser preenchido pelo nobre amor que havia entre eles.
― Não há mais o que temer. Estou aqui para te proteger Helmnaliss. ― disse ela com um sorriso determinado abraçando-o ― Estou aqui para livrá-lo do destino que te aguardaria hoje. Estou aqui para garantir-lhe que você não vá embora!
― Durante todo esse tempo haviam me dito que você havia morrido, mas eu nunca deixei de acreditar. O tempo pode ter nos separado, mas foi justamente esta distancia que me aproximou ainda mais de você. ― disse Helm sentando-se ao lado de Ariakness e acariciando seus cabelos.
Só então foi que ele percebeu onde estava.
― Você me trouxe até o túmulo de minha mãe? ― perguntou ele confuso buscando uma resposta nos luminosos olhos verdes de Ariakness.
― Eu te trouxe até seu túmulo Helmnaliss. Hoje é o dia em que você se suicidaria caso eu não te encontrasse. Graças a você eu pude chegar a tempo de mudar seu destino e permitir que você tenha uma escolha. Você ainda tem um longo caminho pela frente, sua jornada começa agora.
Helm abaixou a cabeça a meneou a cabeça sorrindo.
― Eu não entendo... ― disse ele levantando os olhos e encarando-a.
Ariakness sorriu e seu sorriso acalentou o desespero que Helm sentia. Fosse qual fosse o destino que lhe aguardava, ele sabia que ela governaria seus passos muito melhor do que qualquer um.
― Eu voltei por você Helm. Seu amor por mim trouxe-me até você. Eles me disseram que você iria se matar Helmnaliss e eles me enviaram de volta para impedir que você fizesse essa besteira. Estou aqui para levá-lo comigo... ― sussurrou ela beijando-lhe novamente.
― Leva-me para onde? ― perguntou ele segurando as mãos de Ariakness sem temer o que ela lhe responderia. Ele iria com ela a qualquer lugar deste universo. Nunca mais ele desejaria ficar longe dela.
Ariakness sorriu.
― Ao lugar onde você pertence agora Helmnaliss!
Helm fez uma careta de assustado.
― E onde seria este lugar?
Ariakness olhou para as estrelas e sussurrou...
― O lugar onde seres como você decide o destino de seres como eu!
Então os dois se levantaram e deram as mãos.
― Você sabe o caminho Helmnaliss. Sempre soube...
Então uma luz púrpura os envolveu e os dois juntos deixaram este mundo.
E aqueles que estavam entre a floresta de Ivendor sob os limites da cidade élfica de Inaradrinn, relataram o que viram aos elfos e não ouve ninguém que pudesse acreditar em nenhuma palavra proferida. Pois ninguém jamais aceitou que Helm Castelo Cinzento nascera para brilhar como as mais poderosas das estrelas.
E se Helm realmente fosse uma estrela eu hoje com toda certeza lhe digo:
Helm Castelo Cinzento é o Buraco Negro após a Supernova.

2 comentários:

  1. interessante seus contos, Eryck.

    Caso lhe ajude na divulgação, vocês pôde enviar alguns deles para os site www.cronicassemfim.com.br

    abraços e continue escrevendo!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Johnny vou dar uma olhada e vou mandar alguns para vocês sim!

    ResponderExcluir